A atuação do Portal de Boas Práticas do IFF/Fiocruz em tempos da pandemia de COVID-19

Atualmente, todas as atenções estão voltadas ao novo Coronavírus, responsável pela pandemia que desde novembro tem tomado grandes proporções, até que em fevereiro chegou ao Brasil, e, desde então, muitas pesquisas, discussões e estudos vem sendo realizados acerca do tratamento, prevenção e circulação do vírus em nosso País. Neste sentido, o Portal de Boas Práticas, iniciativa do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz) tem sido um grande aliado na disseminação de conhecimento para a organização dos serviços e melhoria da prática clínica, com a disponibilização de documentos das autoridades sanitárias brasileiras, orientações e notas técnicas nacionais sobre o cuidado com gestantes/puérperas, recém-nascidos e crianças. 

Essa iniciativa, única no seu segmento em âmbito nacional, de acesso livre e gratuito, entrou no ar em outubro de 2017. Desde então, tem se mostrado importante na melhoria do cuidado a mulheres, recém-nascidos e crianças. Integrado por instituições de ensino e pesquisa de todo o Brasil, o Portal atua no âmbito da difusão de conhecimentos para a implantação de políticas e programas de saúde, baseados no cenário demográfico e epidemiológico e na melhor evidência científica disponível, em consonância com uma das atribuições do IFF como Instituto Nacional do Ministério da Saúde.



Os usuários do Portal acessam o conteúdo especializado e multiprofissional não apenas pelo computador, mas também através de celulares e tablets


Toda semana uma nova postagem é publicada no Portal de Boas Práticas. Especialistas de todo o Brasil compõem equipes responsáveis pelo conteúdo, que é sistematizado em apresentações de slides e vídeos curtos, facilitando o acesso por profissionais de saúde do grupo multiprofissional, cujos dias são de intensa dedicação ao cuidado de mulheres, recém-nascidos, crianças e adolescentes.

Os Encontros com especialistas proporcionam a aproximação dos usuários aos profissionais de referência nacional, palestrantes de grandes congressos. São lives do tipo webinar sobre temas recortados do cuidado em saúde. Para participar, os usuários devem estar cadastrados no Portal de Boas Práticas; qualquer pessoa pode se cadastrar gratuitamente. Antes e durante a transmissão ao vivo, os participantes enviam dúvidas que são respondidas pelos especialistas durante um debate com cerca de uma hora de duração.

A partir do impacto da pandemia, além da sistematização de conteúdo para facilitar o acesso ao conhecimento em momento de grande volume de informações, o Portal de Boas Práticas priorizou também a realização de encontros com especialistas voltados especificamente à orientação dos serviços de saúde para a prevenção e controle da Covid-19. “Com isso, o Portal teve um aumento significativo no ritmo de acessos. Além de ser um potencial instrumento reconhecido por profissionais e gestores do Ministério da Saúde (MS), instituições acadêmicas, secretarias municipais e estaduais e profissionais da saúde, ele exerce função estratégica de disseminação de conhecimento em âmbito nacional, levando as melhores evidências de uma forma sistematizada”, enfatizou a médica, pesquisadora e coordenadora do projeto, Maria Auxiliadora Gomes, indicando ainda a contribuição do Portal de Boas Práticas na gestão e organização da rede, na redefinição de fluxos e nas questões do manejo clínico.

Já aconteceram onze Encontros com Especialistas – cinco (5) na área do cuidado ao recém-nascido; quatro (4) na área do cuidado à gestante e dois (2) na atenção à criança, alguns com quase 2.000 participantes online.



Fonte: Google Analytics; dados do período de 11/10/2017 a 03/05/2020_com mais de 650 mil acessos desde o seu lançamento, o Portal de Boas Práticas tem seus usuários distribuídos nos 27 estados brasileiros e caminha para a marca de um milhão de visitantes

 


Fonte: Google Analytics; dados do período de 11/10/2017 a 03/05/2020


Segundo uma usuária do Portal, a ferramenta tem sido essencial para atualização dos temas relacionados ao cuidado com gestantes, crianças e recém-nascidos, em especial, neste momento de Pandemia. “A oportunidade da leitura dos documentos e participação dos encontros com especialistas estão sendo fundamentais para a definição do fluxo das unidades, sem deixar de ter atenção para os outros problemas que sempre vivenciamos em nossas Unidades. Momento difícil de adaptação e reinvenção de todos, e esse acesso ao Portal tem sido muito importante para nós. Obrigada pela iniciativa”, declarou.

De acordo com a coordenadora do projeto, Maria Auxiliadora Gomes, “uma vez que se trata de uma doença nova, emergente, há um cenário vasto de produção de informações, gerando dificuldades aos profissionais que estão na atenção clínica, e também na tomada de decisão dos gestores de como o Sistema Único de Saúde (SUS) deve se organizar. Nesta perspectiva, o Portal agrega, organiza, sistematiza e processa as informações, para que possam ser gerenciadas e aplicadas à saúde de mulheres, crianças e recém-nascidos”, pontuou.

Como órgão auxiliar do MS, o IFF/Fiocruz tem a missão de promover a saúde da mulher, da criança e do adolescente e fortalecer o SUS. Sobre este compromisso no momento da pandemia, Maria reafirma a atuação do Portal de Boas Práticas neste cenário de crise sanitária. “Estamos trabalhando para reduzir o impacto negativo da pandemia, tanto diretamente pela doença, quanto pelo impacto que isso tem nos fluxos, na disponibilização dos serviços e no acesso ao serviço de qualidade,” finalizou.

Abaixo, links para o conteúdo do Portal de Boas Práticas sobre COVID-19:

POSTAGENS

Coronavírus: Prevenção, Controle e Notificação
Medidas de Prevenção e Controle da COVID-19: Limpeza, Desinfecção e Tipos de Precauções
Coronavírus: Cuidado Clínico de Gestantes e Puérperas
Unidades Neonatais em tempos de COVID-19: aspectos Psicoafetivos do Cuidado ao Recém-nascido, Família e Equipe
Subsídios para a Organização de Maternidades em tempos de COVID-19
Atenção ao Recém-nascido em tempos da pandemia de COVID-19: Recomendações para a Sala de Parto
Amamentação em tempos da pandemia de COVID-19
Atenção ao Recém-nascido em tempos da pandemia de COVID-19: Recomendações para o Método Canguru
Paramentação e Desparamentação dos Profissionais de Saúde em tempos da pandemia de COVID-19
Atenção ao Recém-nascido em tempos da pandemia de COVID-19: Recomendações para o Alojamento Conjunto
Coronavírus e Gestação
Como Higienizar corretamente as mãos e antebraços?

ENCONTROS COM ESPECIALISTAS

COVID-19: Cuidado Neonatal e Seguimento do RN de Risco
COVID-19 e Gestação: Atenção Pré-natal e em Maternidades
II Encontro Viroses Respiratórias na Infância em tempos de COVID-19
IV Encontro COVID-19: orientações para Maternidades e Unidades Neonatais
COVID-19 e Morbimortalidade Materna
COVID-19 e Boas Práticas no Parto e Nascimento
III Encontro COVID-19: orientações para Maternidades e Unidades Neonatais
COVID-19 e o Cuidado Obstétrico
Viroses Respiratórias na Infância em tempos de COVID-19
II Encontro COVID-19: Especialistas do Portal e SBP – Orientações para Maternidades e Unidades Neonatais
COVID-19: orientações para Maternidades e Unidades Neonatais

 

Informações Adicionais