Gestantes do IFF/Fiocruz participam de grupos educativos durante pré-natal

O Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz) promove, desde 2015, grupos educativos regulares para as gestantes atendidas na unidade. Para uma das gestoras do Ambulatório de Pré-Natal do IFF/Fiocruz, Rozânia Bicego Xavier, o maior objetivo desses grupos, nos quais o acompanhante é sempre bem-vindo, é preparar a mulher e também a família para o parto e para a chegada do bebê, esclarecendo dúvidas importantes que eles possa ter durante a gestação e após o parto. Os grupos educativos são compostos de duas atividades: o Grupo de Visita à Maternidade, que acontece em um encontro, às segundas e quintas, e o Curso de Gestantes, em dois encontros, que ocorre uma vez por mês no Anfiteatro A do Centro de Estudos Olinto de Oliveira.


Rozânia esclarece aspectos importantes do pré-natal, parto e pós-parto

O Grupo de Visita à Maternidade é aberto a toda gestante que chega para ser acompanhada no Instituto, mas somente a partir da 28ª semana de gravidez. Coordenado por enfermeira e assistente social do Ambulatório de Pré-Natal, consiste na apresentação de temas como: sinais de alerta na gestação, trabalho de parto, parto e acompanhante, rotinas hospitalares, consulta de pós-parto, planejamento reprodutivo e aleitamento materno. Além de receber as orientações, a gestante visita as instalações do IFF – Sala de Parto, Alojamento Conjunto e Enfermaria de Gestantes – e recebe o enxoval da Rede Cegonha.


Gestantes e acompanhantes tiram dúvidas sobre cuidados com mãe e bebê

Já o Curso de Gestantes é feito por uma equipe multidisciplinar do Instituto, que conta com psicóloga, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, nutricionista, assistente social e enfermeira. Em duas ocasiões, as gestantes e seus acompanhantes recebem informações e fazem perguntas sobre desenvolvimento da gravidez, aspectos emocionais e cuidados durante a gestação, orientação nutricional, trabalho de parto, parto e acompanhante, cuidados com mãe e bebê, desenvolvimento infantil, aleitamento materno, paternidade e direitos sociais.  

“A participação nos encontros é estimulada entre as nossas usuárias. Trata-se de uma oportunidade para fazer desse momento uma experiência mais tranquila para a mulher, a criança e os familiares”, explica Rozânia. Em 2017, o IFF/Fiocruz realizou 86 grupos, entre visitas à maternidade e cursos de gestantes, e cerca de 1270 usuárias foram atendidas.



Informações Adicionais