Retrospectiva 2017

O ano de  2017 foi um ano de mobilizações em torno de atividades relevantes no campo da Comunicação em Saúde para o Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), que comemorou realizações importantes, como a habilitação do Centro de Referência para Doenças Raras e o início a novos cursos e atividades formativas, como a I Jornada da Área Clínica da Criança e do Adolescente, além de ter eleito sua nova direção, chefias de laboratórios e serviços.

A seguir, relembramos alguns destaques do ano:

No mês de JANEIRO, o SIG do IFF foi destaque em estudo científico que tratava de uma análise documental, acrescida de uma pesquisa de campo com abordagem quantitativa por meio da construção e uso de um instrumento de coleta e análise de dados. A preocupação com a introdução alimentar dos pequenos também ganhou repercussão nos portais da Fiocruz e veículos externos.

No início de FEVEREIRO, a preocupação com as arboviroses circulantes fez com que a gravidez e os cuidados com vírus Zika fossem os temas mais discutidos na sociedade. Além da habilitação do Centro de Referência para Doenças Raras do IFF.  

O mês de MARÇO é sempre marcado pelas atividades voltadas ao ensino na Instituição, com isso, o IFF iniciou sua primeira turma de mestrado profissional em saúde da criança e da mulher com ênfase no vírus Zika. E deu as boas-vindas aos novos residentes das áreas médica, de enfermagem e multiprofissional, com uma programação diversificada, a chegada dos profissionais foi marcada por atividades culturais e científicas.

Em ABRIL, foi comemorado o Mês da segurança do paciente, que tem como objetivo a conscientização geral em prol do tema. O mês também foi marcado pelo lançamento do Projeto Humanizando Através das Lentes.

O IFF celebrou seus 93 anos em MAIO e em parceria com o Núcleo de Apoio a Projetos Educacionais e Culturais (Napec), a comunidade do IFF participou de atividades lúdicas em comemoração à data. Maio também é o mês em que é comemorado o Dia Mundial de Doação de Leite Humano e o Dia Mundial do Tabaco, data em que foi lançado um estudo sobre a carga de doença atribuível ao uso do tabaco no Brasil e potencial impacto do aumento de preços por meio de impostos.

Em JUNHO, pesquisadores do IFF publicaram um artigo na revista Molecular Genetics and Metabolism Reports, sobre transplante de células-tronco hematopoiéticas precoce em paciente com mucopolissacaridose grave II: 7 anos de seguimento. Para integrar os alunos de projetos de pesquisa desenvolvidos no Instituto, aconteceu a 25ª Reunião Anual de Iniciação Científica da Fiocruz (Raic). O mês foi marcado, também, pela transmissão de cargo de diretor do Instituto.

Em parceria com o Ministério da Saúde, pesquisadores do IFF lançaram em JULHO, o documento de Diretrizes Brasileiras para o Rastreamento do Câncer do Colo do Útero, além de terem publicado uma pesquisa de grande repercussão sobre lesões oculares graves relacionadas à infecção por Vírus Zika.

Na primeira semana de AGOSTO, a Agência Fiocruz de Notícias (AFN) publicou, em parceria com o IFF, o especial Aleitamento Materno ao participar das atividades da Semana Mundial de Amamentação (1° a 7/8). No mesmo mês, a  Jornada de Enfermagem em Saúde da Mulher comemorou sua 10ª edição. E profissionais do Instituto marcaram presença no seminário internacional sobre gênero.

Em SETEMBRO o IFF participou do já tradicional Fiocruz Pra Você. Iniciativa que teve como objetivo mobilizar a população quanto à importância de manter o cartão vacinal atualizado. O Instituto promoveu, também, o I Fórum em Comunicação, Informação e Gestão do Conhecimento, além de ter participado do lançamento do Programa Aprimoramento e Inovação no Cuidado e Ensino em Obstetrícia e Neonatologia (Ápice On), em parceria com o Ministério da Saúde.

O mês de OUTUBRO foi marcado por eventos de grande relevância, o primeiro deles foi o I Seminário da Residência Multiprofissional, com ênfase nos cuidados paliativos em pediatria, organizado pelos residentes do programa multiprofissional do IFF. Em seguida aconteceu o XXI Encontro de Nutrição, que reuniu profissionais com o intuito de atualizá-los com temáticas da área. O Instituto também participou da IV Reunião de Ministros da Saúde da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), no qual, foi assinado um termo de cooperação entre os países membros para incentivar a criação de uma Rede de Bancos de Leite Humano.

A Área Clínica da Criança e do Adolescente promoveu, em NOVEMBRO, a I Jornada de Ações Interdisciplinares em Pediatria: Os desafios do cuidado de crianças com condições crônicas complexas e suas famílias, com o objetivo de promover a troca de experiências entre participantes, destacando a importância da interdisciplinaridade no cuidado às crianças com condições crônicas complexas. O Banco de Leite Humano (BLH) organizou a I Roda de Conversa para Pais de Recém-Nascidos Internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do IFF.

DEZEMBRO foi marcado por momentos de emoção e solidariedade promovidos pela tradicional visita do Papai Noel. O mês também foi marcado pelos 20 anos de existência do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos (CEP) do IFF. Outro marco de encerramento do ano foi a realização do VIII Congresso Interno da Fiocruz, com o tema O futuro do SUS e da democracia. O IFF marcou presença com 22 delegados, 5 suplentes e 4 observadores.

Informações Adicionais